Brasil autoriza mais uma vacina contra o novo coronavírus

Johnson & Johnson

Brasil autoriza mais uma vacina contra o novo coronavírus

Divulgação

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) permitiu hoje que a farmacêutica Janssen-Cilag, da Bélgica, faça estudos clínicos do Brasil para o desenvolvimento de uma possível vacina contra covid-19.

A empresa faz parte do grupo Johnson & Johnson. Com a publicação no Diário Oficial da União, a expectativa é que a empresa inicie a fase 3 de testes em setembro.

Os sete mil voluntários brasileiros serão recrutados nos seguintes estados: Bahia, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Paraná. Até o momento, não foram divulgados os resultados das fases 1 e 2.

A vacina, que recebeu o nome de Ad26.COV2.S, tem na sua composição um vetor recombinante, não replicante, de adenovírus tipo 26 (Ad26), construído para codificar a proteína S (Spike) do vírus Sars-CoV-2. A vacina da Janssen-Cilag será a quarta estudada no Brasil. As imunizações da Universidade de Oxford, a do laboratório chinês Sinovac, e as desenvolvidas pela BioNTech e Wyeth/Pfizer já foram autorizadas pela Anvisa.


Matéria do UOL