Presos devem entrar no grupo de prioridade da vacina contra COVID-19

Imunização

Presos devem entrar no grupo de prioridade da vacina contra COVID-19

Divulgação

O Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária, um órgão ligado ao Ministério da Justiça, pede que as Secretarias estaduais incluam os presos e funcionários do sistema prisional no grupo de prioridade da vacina contra COVID-19.

Essa recomendação foi publicada no Diário Oficial da União nesta terça-feira, 09, , com vários argumentos para priorizar os detentos. Uma delas, é que a população prisional tem grande vulnerabilidade a doença infectocontagiosa, principalmente pelo confinamento e restrição na circulação.

O Conselho também apresentou os números de infectados pelo vírus. Segundo o Órgão, 42.517 foram contabilizados e 133 morreram do novo Coronavírus.