Uso abusivo de medicamentos causa dano irreversível, diz especialista

Alerta

Uso abusivo de medicamentos causa dano irreversível, diz especialista

Foto: Mateus Dantas

O uso excessivo de medicamentos pode acarretar numa série de complicações a saúde dos indivíduos. Por isso, essa semana foi escolhida para alertar a população quanto aos riscos à saúde causadas pela automedicação e as consequências devido a ingestão de substâncias de forma inadequada.

A Dra. Karoline Sabóia, doutora em Biologia Estrutural e Nanobilogia em Université Joseph Fourier e membro da Comissão de Ensino do Conselho Regional de Farmácia do Ceará, reforça que o uso excessivo de medicamentos está relacionado ao seu uso de forma indiscriminada, o que pode acarretar em complicações graves ao paciente, até mesmo tornando um dano irreversível.

“Por exemplo, desde alergias simples, complicações hematológicas, hepatotoxidade e até mesmo o envenenamento. É importante alertar à população sobre respeitar a dosagem e os intervalos de uso dos medicamentos recomendados na prescrição médica afim de evitar intoxicações relacionadas ao uso indiscriminado desses medicamentos”, disse.

Dra. Karoline explica que a automedicação pode ocasionar complicações ao paciente e até mesmo afetar alguns órgãos. O uso excessivo de medicamento pode gerar complicações hepáticas levando até mesmo a necessidade de transplante de fígado. Na pandemia por COVID-19, por exemplo, foi registrado aumento na automedicação o que pode acarretar efeitos indesejáveis ao paciente.

“O uso exagerado de medicamentos pode gerar problemas de saúde, o principal órgão de metabolização de medicamentos é o fígado e o excesso deles pode acarretar em alguma doença hepática. Por exemplo, a intoxicação pelo paracetamol pode levar a icterícia e a insuficiência hepática. A gastrite pode ocorrer com o uso de medicamentos mesmo sem o seu uso indiscriminado, como o uso de alguns tipos de anti-inflamatórios não esteroidais que podem trazer danos ao estômago”, reforça a profissional.

A farmacêutica evidencia que o dia 05 de maio é uma data significativa, pois celebra a importância do uso racional de medicamentos garantindo a sua segurança e a eficácia do tratamento.

“Minha recomendação é que ao começar um tratamento procure orientação do seu farmacêutico, ele vai te ajudar a seguir a prescrição médica de maneira a assegurar o uso correto, o armazenamento e o descarte desse medicamento”, disse.

É importante que a população se conscientize dos malefícios causados com a ingestão de medicamentos sem a prescrição médica. Apesar dos remédios serem vendidos, muitas vezes sem a necessidade de uma ordem médica, é importante estar ciente da necessidade de consultar um especialista.  

O Ministério da Saúde destacou cinco dicas relacionadas a medicamentos e saúde. 


CMF