Brasil supera número de desempregados desde 2017

Reflexo da pandemia

O Brasil alcançou o mais alto registro de pessoas desempregadas desde 2017. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 14,3 milhões de pessoas estavam desempregadas em janeiro. 

Essa é a maior taxa registrada desde o início da pesquisa. O aumento em comparação ao mesmo período do ano passado é de 2,4 milhões. 

Isso reflete 14,2% da população no último trimestre encerrado em janeiro.

A pesquisa compara o resultado ao último recorde de alta, em 2017, que somou 14,1 milhões de desempregados.

A alta reflete os impactos da pandemia no Brasil, no qual governos municipais e estaduais buscam achatar a curva de disseminação do vírus, a fim de diminuir o número de óbitos. Porém, com a lentidão no processo de compras de vacinas, o Brasil amarga novo pico de óbitos nas últimas 24 horas, com 3.668 mortes, um total de 317.936 óbitos desde o início da pandemia no país, segundo dados do consórcio de veículos de imprensa.


Leia também: Catástrofe: Brasil se aproxima de 4 mil mortes diária por Covid-19 nas últimas 24 honras