Conta de luz do cearense ficará mais cara

Novo aumento

Foi aprovada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) o reajuste da tarifa anual da Enel Ceará.

A decisão foi anunciada nesta quinta-feira, 23, e já entrou em vigor. 

O aumento será de 7,55%. Ou seja, o consumidor que antes pagava uma conta de R$ 100, com o mesmo consumo, terá de arcar com uma tarifa de R$ 107,55.

Veja os reajustes médios por classe de consumo

Baixa tensão

  • Média de consumidores residenciais, rurais e comerciais de pequeno porte e outros: 8,54%
  • Consumidores residenciais: 7,55%
  • Consumidores rurais: 15,63%
  • Iluminação pública: 7,75%

Alta tensão

  • Consumidor industrial e comercial de grande porte: 10,21%

Efeito médio ao consumidor

  • Média de todos os consumidores: 8,95%

No ano passado, o reajuste médio aprovado pela Aneel havia sido de 3,94%, O aumento para consumidores de baixa tensão, em sua maioria clientes residenciais, foi de 4,0%, e para os clientes de média e alta tensão – indústrias e grandes comércios –, o índice aprovado foi de 3,78%.

Reajustes (considerando revisões) da Enel Ceará nos últimos anos:

  • 2013: 3,92%
  • 2014: 16,77%
  • 2015: 10,28% (extraordinária)
  • 2015: 11,69%
  • 2016: 12,97%
  • 2017: 0,15%
  • 2018: 4,96%
  • 2019: 8,29%
  • 2020: 3,94%
  • Variação acumulada: 72,90%