Avião do cantor Amado Batista faz pouso forçado – veja o vídeo

Pista apagada

Avião do cantor Amado Batista faz pouso forçado – veja o vídeo

Divulgação

Um avião que transportava o cantor Amado Batista e a equipe do artista fez um pouso no município de Jequié, no sudoeste da Bahia, em um aeroporto que estava fechado e com as luzes da pista apagadas. 

O caso ocorreu na noite de domingo (12). A cidade fica a cerca de 368 km de Salvador. Ninguém ficou ferido e o cantor se apresentou normalmente no show que estava previsto para ocorrer em um clube da cidade. 

A aeronave conseguiu pousar após carros serem levados para o terminal e acionarem os faróis para iluminar a pista e auxiliar no pouso, conforme registro de imagens de testemunhas. 

A prefeitura de Jequié, que administra o Aeroporto Vicente Grillo, informou que duas aeronaves de equipes do artista estavam programadas para pousar no terminal, no domingo. Uma delas chegou ao local no horário programado, às 15h. 

A outra estava prevista para chegar às 17h, mas só pousou às 17h50, após o pôr do sol. Em nota, a gestão municipal informou que o aeroporto não funciona no turno da noite e a pista fica apagada, sem condições de pouso. 

Segundo a assessoria da prefeitura de Jequié, os pousos podem ser feitos no local até o pôr do sol. No domingo, a previsão era que a última aeronave chegasse ao terminal até por volta das 17h40.

O funcionário da prefeitura que aguardava a chegada do avião percebeu, neste horário, a movimentação da aeronave e providenciou carros para iluminar a pista com os faróis. 

Ainda conforme a assessoria da prefeitura, o piloto ficou dando voltas no ar até considerar que havia condições de pouso. O piloto, segundo a administração de Jequié, relatou que saiu atrasado de Sergipe e, por isso, chegou na cidade após o horário previsto. 

A assessoria da prefeitura ainda afirmou que o condutor da aeronave disse que não houve nenhum problema técnico e que, caso não conseguisse pousar em Jequié, tinha gasolina suficiente para seguir até o Aeroporto de Vitória da Conquista, cidade distante cerca de 175 km. 

O G1 procurou a assessoria de Amado Batista, que informou que nem o cantor e nem a equipe irão se manifestar sobre o caso. 




O Globo