Ex-técnico do Ceará Dorival Júnior chega no Flamengo brigado com jogador

Dorival teve atrito com o goleiro Diego Alves em sua última passagem pelo clube, em 2018. 

Ex-técnico do Ceará Dorival Júnior chega no Flamengo brigado com jogador

Reprodução/redes sociais

O Flamengo acertou a contratação de Dorival Júnior nesta quinta-feira (09) e já agiliza a demissão de Paulo Sousa.

Apesar da troca no comando, os técnicos têm um problema em comum. Assim como o português, Dorival teve atrito com o goleiro Diego Alves em sua última passagem pelo clube, em 2018. 

Na ocasião, Dorival sacou Diego Alves e fixou César no time titular do Flamengo. O experiente goleiro não aceitou muito bem a reserva e se desentendeu com o treinador nos bastidores. Posteriormente, o camisa 1 passou a não ser relacionado para as partidas e até se lesionou. Contudo, em entrevista ao Flow Sport Club, no ano passado, Dorival abriu o jogo sobre o ocorrido e pregou respeito ao goleiro: 

– Não foi durante o treino. Eu chamei o Diego Alves e falei que ele não ia jogar. Ele estava voltando de uma lesão e tinha ficado alguns jogos uns quatro ou cinco jogos fora da equipe. Ele estava em tratamento, e quando voltou só fez aquele treinamento na sexta, para jogar no sábado. Não me lembro muito bem, mas foi algo do tipo. Eu falei que ele não ia jogar porque estava voltando, mas ele entendeu de outra forma. Eu entendo isso, porque ele era o titular da equipe. Mas ele achou que ia voltar como titular – disse Dorival, antes de completar:

– O time estava muito bem, tinha tido uma reação muito boa, com quatro vitórias em sequência. O César ainda não tinha tomado gols, e eu achei um risco desnecessário colocar o Diego, mas ele entendeu de uma outra forma. Foi isso basicamente. Mas eu respeito muito o Diego, tenho ele como um dos melhores goleiros do futebol brasileiro. Não teve nada demais na situação – finalizou o treinador.


Com informações da Coluna  do Fla