Bolsonaro desautoriza ministro da Saúde comprar vacina contra COVID-19

Fora de sintonia

Bolsonaro desautoriza ministro da Saúde comprar vacina contra COVID-19

Divulgação

O presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) usou suas redes sociais nesta quarta-feira, 21, para comunicar que desaprova a compra da vacina contra COVID-19 anuncia ontem pelo ministro da Saúde Eduardo Pazuello.

Pazuello tinha divulgado que o Ministério da Saúde teria assinado o protocolo de intenções para adquirir mais de 46 milhões de doses da vacina desenvolvido pelo Instituto Butantan.

Bolsonaro alertou que o Governo não vai disponibilizar vacina antes de comprovação científica pelo Ministério da Saúde e certificado pela Anvisa. "O povo brasileiro não será cobaia de ninguém", escreveu o presidente.

Em outro texto, ele ressalta que não justifica um aporte financeiro em um medicamento que não chegou no final da testagem.

Postagem