Piloto passa mal durante voo e morre após pouso de emergência

Pouso de emergência

Piloto passa mal durante voo e morre após pouso de emergência

Divulgação

Piloto de uma aeronave particular Benedito Fernando Ricci, 69 anos morreu na tarde deste sábado (6) depois de passar mal durante voo. O co-piloto precisou assumir o comando do avião e fazer pouso de emergência no aeroporto de Campo Grande. O dono da aeronave é proprietário de fazenda em Mato Grosso do Sul e voltava para casa, em Americana (SP). Durante o trajeto, o piloto passou mal e desmaiou. Rapidamente, o co-piloto, Matheus Pasquotti, assumiu o comando da aeronave, um King Air C90 e pediu permissão de pouso em Campo Grande. 

De acordo com informações de um funcionário do aeroporto, na aeronave estavam a vítima, o co-piloto e um passageiro. A Capital não estava na rota de voo, no entanto, no meio do trajeto.

Enquanto os tripulantes se deslocavam para o aeroporto da Capital, equipe da Quali Salva aguardava para fazer os primeiros socorros da vítima. O piloto chegou a ser atendido, mas a informação é de que ele não resistiu e morreu. A suspeita é de que a vítima tenha tido um infarto. 

Em choque, o passageiro que estava na aeronave foi levado à Santa Casa.

Benedito Fernando prestava serviço em Americana e morava em Rio Claro, a 50 quilômetros de distância. O corpo dele está sendo levado pela Pax Canaã de carro e deve chegar a Rio Claro (SP) por volta das 22h. Ele será sepultado no cemitério São João Batista.

Na madrugada de hoje, o co-piloto fez uma homenagem ao amigo nas redes sociais. "Agradeço a Deus por ter conhecido um cara como você, amigo, companheiro, um piloto dedicado e que amava voar! Peço a Deus que conforte todos os seus familiares com o Amor e a Paz que só o Senhor Jesus pode dar".



Fonte: Campo Grande News