Ministro STF permite que Mayra Pinheiro fique calada na CPI da Pandemia

Direito adquirido

Ministro STF permite que Mayra Pinheiro fique calada na CPI da Pandemia

Facebook

O ministro do STF, Ricardo Lewandowski decidiu nesta sexta-feira, 21, que a doutora Mayra Pinheiro, secretária da Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde pode ficar calada durante seu depoimento na CPI da Pandemia.

A decisão cabe sobre fatos relacionados sobre fatos acontecidos entre dezembro de 2020 e janeiro de 2021. Por outro lado, a secretária deve responder qualquer outra pergunta. 

Ela terá direito de ser acompanhada por um advogado. 

Sua participação na CPI está marcada para terça-feira, 25.