Presidente do Peru propõe castração química para estupradores

De acordo com o Ministério da Mulher do Peru, a violência sexual no país é um problema grave. 

Presidente do Peru propõe castração química para estupradores

Presidente do Peru, Pedro Castillo, em foto de arquivo — Foto: Reuters/Sebastian Castañeda/Pool

O presidente do Peru, Pedro Castillo, revelou nesta segunda-feira, 18, que pretende enviar para o Congresso nesta semana, um projeto de lei que autoriza castração química para estupradores.

Pedro Castillo disse em um pronunciamento a apoiadores que a punição seria um clamor popular. Por outro lado, a proposta enfrenta resistência dentro do seu próprio governo. 

Michelle Bachelet (Alta Comissária das Nações Unidas para os Direitos Humanos), já tinha comentado sobre o assunto. 

" O estupro é um crime monstruoso, os criminosos têm que ser punidos, mas pena de morte e tortura não são a resposta", disse Bachelet em 2020.

De acordo com o Ministério da Mulher do Peru, a violência sexual no país é um problema grave. A estimativa é que 15 menores sejam estuprados por dia.

Castração química 

É um método que os médicos chamam de intervenção antilibidinal. Que pode ser admistrado por drogas que podem reduzir a libido do homem.


Fonte: G1