Russos planejam roubar pesquisas sobre vacina contra coronavírus, revelou jornal americano

Crime

Russos planejam roubar pesquisas sobre vacina contra coronavírus, revelou jornal americano

Divulgação

Hackers russos estão tentando roubar pesquisas sobre a vacina contra o novo coronavírus, de acordo com os governos dos EUA, Reino Unido e Canadá. A reportagem é do New York Times.

A NSA disse que o APT29, grupo de hackers conhecido como Cozy Bear (Urso Aconchegante) e associado à inteligência russa, tem aproveitado o caos da pandemia para atacar organizações de saúde e roubar informações sobre vacinas.

O Cozy Bear é um dos mais famosos e bem-sucedidos grupos de hackers associados ao governo russo. Ele e outro grupo conhecido como Fancy Bear (Urso Chique) invadiram os sistemas do Partido Democrata americano em 2016.

Os russos fizeram ataques a organizações dos EUA, Canadá e Reino Unido que pesquim vacinas contra a COVID-19. Eles usam spear-phishing (e-mails fraudulentos destinados a pessoas específicas) e malware (programas maliciosos) para tentar acessar as informações.

O diretor de operações do centro britânico de cibersegurança, Paul Chichester, condenou o que chamou de “ataques vis contra aqueles que fazem trabalho vital para combater a pandemia do [novo] coronavírus”. Os governos do Reino Unido e do Canadá afirmaram que é “quase certo” que o Cozy Bear seja parte dos serviços de inteligência da Rússia.


Matéria do O Antagonista