Carnaval: Prefeitura de Quixadá controla acesso ao município através de barreiras sanitárias

Prevenção

Carnaval: Prefeitura de Quixadá controla acesso ao município através de barreiras sanitárias

Divulgação

A partir deste sábado (13) as entradas que dão acesso ao município de Quixadá estarão controladas por barreiras sanitárias. O objetivo é evitar o alto fluxo de pessoas com destino a cidade, podendo ocasionar aglomeração e descumprimento as medidas impostas pelo decreto municipal em vigor.

O trabalho será realizado por profissionais da Secretaria de Saúde e da Secretaria de Trânsito, Cidadania, Segurança e Serviços Públicos. Homens da Guarda Civil Municipal, Autarquia Municipal de Trânsito e da Polícia Militar também vão estar reforçando o trabalho.

As barreiras serão montadas nas principais vias de acesso ao município, entre elas a que permite seguir sentido Capital. De acordo com a secretária de saúde de Quixadá, Benedita Oliveira, no local as equipes vão estar fazendo abordagens educativas de modo a evitar descumprimentos ao decreto.

“Nos locais haverá borrifação nos pneus com produtos químicos realizada pelos Agentes Comunitários de Endemias (ACEs), aferição de temperatura e ação educativa. O Processo de realização de barreiras sanitárias é um mecanismo de e prevenção de doenças porque funciona literalmente como uma combinação de técnicas que visam impedir a circulação de vírus, bactérias e transmissão de doenças entre humanos”, explicou Benedita.

Além da Guarda Civil Municipal de Polícia Militar os fiscais da Agência de Fiscalização de Serviços Públicos de Quixadá (Agefisc) também vão estar nas barreiras e em diligências por toda a cidade, fiscalizando os principais pontos de modo a garantir o cumprimento das medidas estabelecidas no decreto.

“Nossas equipes estarão nas entradas da cidade no sentido de cumpri e fazer cumprir o que ordena o decreto estadual e municipal quanto as medidas sanitárias de segurança e combate a covid-19, além de fiscalizar o centro comercial para evitar aglomerações”, afirmou o superintendente da Agefisq, Jecriston Dias.

Como tem entre os seus objetivos a competência de fiscalização também em ambientes que garantam a segurança sanitária, conforme preconiza a sua lei de criação, os agentes da Agefisq foram vacinados contra a Covid-19 essa semana.

Além da vacinação estar assegurada pelos parâmetros que pautam a criação da Agefisq, a recente resolução 07/2021 da CIB-CE, da Secretaria de Saúde do Estado (Sesa), permite que agentes que atuem em ações de vigilância sanitária a nível municipal, possam ter o direito à vacinação, como é o caso da Agefisq. Cabo Marlin, que responde pela pasta de trânsito, cidadania, segurança e serviços públicos, afirma que haverá uma equipe montada para auxiliar o combate às infrações no centro, em conjunto com os fiscais da Agefisq.

Ele assegurou a importância do trabalho da guarda municipal. “Vamos estar auxiliando as equipe, e não vamos permitir arbitrariedades. Nosso objetivo é garantir a ordem e o cumprimento das medidas visando a segurança do município”.



Assessoria