Capitão Wagner pede ao ministro da Saúde inclusão dos profissionais de imprensa nos grupos prioritários da vacina contra COVID-19

Boa notícia

Capitão Wagner pede ao ministro da Saúde inclusão dos profissionais de imprensa nos grupos prioritários da vacina contra COVID-19

Divulgação


O deputado federal Capitão Wagner (Pros) solicitou ao Ministério da Saúde e ao Governo do Ceará a inclusão dos profissionais da imprensa e de comunicação nos grupos prioritários para a vacinação contra a Covid-19, em razão do exercício profissional continuo na linha de frente da cobertura jornalística da pandemia e pelo grande número de profissionais internados e vitimados fatalmente pela Covid-19.

O líder do Pros na Câmara dos Deputados enfatiza que os profissionais da imprensa e comunicação enfrentam, todos os dias, na apuração dos fatos e informações de interesse da sociedade, situações que exigem a atuação presencial e o contato direto com o público em geral, destacando-se, especialmente neste momento de agravamento da crise sanitária, a presença constante em hospitais, unidades de saúde, institutos médico-legais, cemitérios, delegacias, incursões em ambientes insalubres e investigação in loco de notícias de descumprimento das medidas sanitárias. “Portanto, mostra-se crucial a reavaliação do Plano Estadual de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19, com a urgente inclusão dos profissionais de imprensa e comunicação, que estão arriscando diariamente a sua saúde e a própria vida, exercendo a atividade essencial para a sociedade brasileira, ao proporcionar o amplo acesso a informações de confiança e de interesse público”, afirma Capitão Wagner.

Documento