Adolescente de 12 anos confessa ter matado menina em Parque em São Paulo

Caso Raíssa

Adolescente de 12 anos confessa ter matado menina em Parque em São Paulo

Foto: Reprodução

Um adolescente de 12 anos confirmou ter assassinado a menina Raíssa Eloá Caparelli Dadona, de 9 anos, no último domingo (29), no Parque Anhanguera em São Paulo. A informação foi divulgada pela Polícia Civil (PC) nesta terça-feira (1).

O menino foi apreendido pela polícia após confessar o crime para os pais. Segundo o delegado responsável pelo caso, Luiz Eduardo de Aguiar Marturano, em um primeiro momento ele negou o delito dizendo que apenas acompanhava Raíssa quando um homem chegou e cometeu o crime, no entanto, mais tarde ele confessou aos seus pais que decidiram levá-lo a delegacia.

Ainda segundo o delegado, o adolescente agrediu a menina com as próprias mãos e com um pedaço de pau e em seguida amarrou ela em uma árvore com uma corda e a enforcou. Não é possível saber ainda se a causa da morte foi asfixia ou os múltiplos traumas sofridos. A hipótese de uma terceira participação não foi descartada.

Marturano também relatou que durante seu depoimento o adolescente não demonstrou emoção.