Em nova entrevista, Lula dispara “Quer que eu passe o bastão? Corra mais do que eu”

Corrida eleitoral

Em uma nova aparição após ter tido anulação de condenações pelo ministro Edson Fachin, Lula comentou sobre a defesa de Ciro Gomes (PDT) a respeito de não se candidatar à presidência nas eleições do próximo ano.


Lula chamou a intenção de “falta de respeito” em comparação, segundo ele, de quem tem 3% de intenção de votos, sem mencionar explicitamente que falava do ex-aliado. 


O ex-presidente afirmou não pretender se abster da campanha de 2022, e que deseja de seus adversários que corram mais, mas que não o impeçam de polarizar. “Cresçam e ocupem o lugar do PT. Mas não peça para a gente não existir, pelo amor de Deus. Como é que pode pedir para alguém que tem 30 [% das intenções de voto] desistir”.