Líder do governo no Senado pede a saída do ministro da Educação

Demissão

Líder do governo no Senado pede a saída do ministro da Educação

Divulgação

O líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), defendeu neste sábado (23) a demissão do ministro da Educação, Abraham Weintraub.

Bezerra Coelho participou do programa GloboNews Debate e comentou o conteúdo do vídeo da reunião ministerial de 22 de abril, cujo conteúdo se tornou conhecido na última sexta (22).

Na gravação, Weintraub disse: "'Eu, por mim, botava esses vagabundos todos na cadeia, começando no STF" - reveja no vídeo mais abaixo. Ao ser questionado se demitiria o ministro caso fosse presidente da República, o senador Fernando Bezerra foi direto: "Sim, demitiria". Na avaliação do líder do governo, os comentários de Abraham Weintraub foram o pior momento da reunião ministerial que antecedeu a saída do ministro Sergio Moro do governo. Fernando Bezerra revelou ter comentado com o presidente Jair Bolsonaro o conteúdo das declarações de Weintraub.

Disse ao presidente que achou totalmente inapropriados os comentários do ministro da Educação. Avaliou ainda, com Bolsonaro, que a gravação não traz informação relevante para o inquérito que tramita no STF contra o presidente da República.


G1