Cepa africana do coronavírus encontrada no Brasil

Mais contagiosa

A variante sul-africana do coronavírus foi encontrada em uma mulher de 34 anos, que começou a sentir os sintomas da Covid-19 no inicio de março passado.

De toda a família que foi diagnosticada com coronavírus, apenas a mulher apresentou a nova variante. Segundo a prefeitura de Sorocaba, a família está em isolamento.

Após os sintomas, pesquisadores identificaram a cepa mais agressiva que a original. 

Esta cepa foi encontrada na África do Sul no fim do ano passado, sendo inicialmente nomeada de 501.V2 e  registrada após constatação de uma mutação identificada como E484K. Essa mutação, conforme estudos apresentados, tornou a variação mais contagiosa em cerca de 70% do que a cepa original.

A pesquisa foi coordenada por instituições como a Universidade de São Paulo (USP) e o Instituto Butantan.