Covid-19 pode provocar queda de cabelo; saiba como tratar

Para iniciar o tratamento é essencial procurar um especialista para uma avaliação prévia. 

Covid-19 pode provocar queda de cabelo; saiba como tratar

Divulgação

A pandemia continua interferindo na saúde e no bem-estar de milhões de pessoas em todo o mundo. A alopécia, condição em que ocorre perda de cabelo do couro cabeludo ou de qualquer outra região do corpo, é uma das várias consequências que a covid-19 pode gerar para os pacientes: um a cada quatro pacientes são afetados com o problema, após a doença de forma persistente. É o que apontam os especialistas.

Segundo pesquisadores de Universidades dos Estados Unidos, do México e da Suécia, os cinco sintomas mais comuns da doença prolongada são fadiga (58%), dor de cabeça (44%), dificuldade de atenção (27%), perda de cabelo (25%) e falta de ar (24%).

“Doenças autoimunes, infecciosas e problemas emocionais podem contribuir para a perda capilar, que pode acontecer após semanas do acometimento da doença. Muitos perderam o emprego, amigos e familiares, tudo isto fez com elas ficassem sob forte impacto emocional, causando muitos danos na saúde. Esta queda pode acontecer de várias formas: mais acentuada ou mais branda, por exemplo. Algumas pessoas, inclusive, já têm esta predisposição em decorrência de outros fatores”, destaca a dermatologista, Myrela Machado.

Para iniciar o tratamento é essencial procurar um especialista para uma avaliação prévia. O ideal é sempre ser avaliado por um dermatologista para que seja escolhido o tratamento bem direcionado, de acordo com as especificidades e necessidades de cada paciente. “Algumas quedas de cabelo são autolimitadas, enquanto outras necessitam de intervenção. Existem algumas maneiras de tratarmos, com uso de medicamentos orais, produtos locais, intradermoterapia com ativos.”, pontua a médica.

Alguns hábitos diários contribuem para a saúde da fibra do cabelo. De acordo Myrela Machado, “uma boa alimentação, atividades físicas, um sono regular, uma alimentação e utilizar produtos corretos para o seu couro cabeludo, podem deixar os fios sedosos, hidratados e saudáveis.

” Sobre a especialista

Graduada em Medicina pela Universidade Federal do Ceará - UFC (2010), com residência médica em dermatologia pelo Centro de Dermatologia Dona Libânia (2012-2015) e membro titular pela Sociedade Brasileira de Dermatologia. Após concluir doutorado pela UFC (2017), continuou se aprimorando e fez fellowship em “Inflammatory Skin Disorders” no serviço de Dermatologia no Women’s College Hospital pela Universidade de Toronto. Durante esse rico período, trabalhou com dermatologistas internacionalmente renomados, como Dr. Vincent Piguet, Dra. Afsaneh Alavi, Dra. Marissa Joseph, Dr. Scott Walsh, Dr. Philip Doiron, Dr. Aaron Drucker. Durante o fellowship, atuou na dermatologia clínica e cirúrgica, além de eventos científicos. Adicionalmente à experiência clínica e cirúrgica em dermatologia, publicou como primeira autora em revistas renomadas como British Journal of Dermatology e JAMA Dermatology.

Serviço:

Dra. Myrela Machado Dermatologista Local: Central Park - Clínica Vivette (Av. Engenheiro Santana Júnior, 3000, 5o andar)